Telemedicina e seus desafios de TI crescem cada vez mais no Brasil

São Paulo, SP 29/9/2021 –

Profissionais de saúde podem usar a tecnologia para melhorar o atendimento remoto ao paciente

Oficializada no Brasil no início de 2020 pela Resolução 2.227 do CFM (Conselho Federal de Medicina), a telemedicina, de acordo com Associação Brasileira de Telemedicina e Saúde Digital, entre março de 2020 e agosto de 2021, realizou, em todo o território nacional, mais de 7,5 milhões de atendimentos remotos. Outra prova da expansão dos ambientes digitais da área de saúde é o fato de que as organizações de saúde estão usando telemedicina, wearables (vestíveis), aplicativos móveis, medicação com sensor e outras ferramentas para melhorar o atendimento ao paciente. Segundo pesquisa da ResearchAndMarkets realizada em 2020, estima-se que o uso dessa tecnologia na vertical saúde deva crescer 39% até 2025, conforme destaca a matéria do portal CIO.

Para Nick Fontana, gerente global de soluções para sistemas de Edge da Vertiv, os prestadores de serviços de saúde precisam garantir que esses serviços críticos tenham conectividade contínua e alta disponibilidade para entregar o melhor nível de cuidado, atendendo os pacientes com eficácia. “Para que esse tipo de resultado aconteça, o segmento de saúde precisa acessar, armazenar e processar dados sensíveis de pacientes de forma segura – um requisito para atender os níveis de compliance das organizações. Devido às fusões, aquisições e a proliferação de sistemas de serviços de saúde, vários hospitais e instalações que prestam serviços de saúde lutam com um ambiente de TI desatualizado”, ressalta Fontana.

O gerente da Vertiv, uma fornecedora global de soluções para infraestrutura digital crítica e continuidade, conta que o quadro fica mais complexo quando se analisa que instalações remotas – como os consultórios médicos e clínicas – muitas vezes não têm a infraestrutura necessária para dar suporte a chamadas por vídeo ou outras aplicações de telemedicina. “Além disso, os provedores de assistência médica devem ser capazes de acessar, armazenar e processar dados confidenciais de pacientes com o mais alto nível de segurança para atender aos requisitos de conformidade da indústria e da organização.

De acordo com o Nick Fontana, o edge computing é uma resposta possível para esses desafios já que ele localiza o processamento e o armazenamento de dados, permitindo que os provedores de saúde forneçam aplicativos conectados e gerem análises, quase em tempo real, atendendo aos requisitos regulamentares. “No entanto, esses locais precisarão ser cuidadosamente monitorados, gerenciados e dimensionados para garantir que os profissionais de saúde sejam capazes de fornecer cuidados de qualidade aos seus pacientes”, enfatiza o executivo Vertiv.

Source link

Read More

Petrobras aprova programa social de R$ 300 mi de subsídio gás de cozinha

SÃO PAULO – A Petrobras (PETR3;PETR4) informa que o conselho de administração da companhia aprovou nesta quarta-feira, 29, a destinação de R$ 300 milhões, em um período de 15 meses, para a criação de um programa social de apoio a famílias em situação de vulnerabilidade social para contribuir com o acesso a insumos essenciais, com foco no gás liquefeito de petróleo (GLP), conhecido popularmente como gás de cozinha.

Segundo a companhia, o programa visa alinhar a atuação social da empresa ao praticado por outros pares de mercado e se justifica pelos efeitos da situação excepcional e de emergência decorrentes da pandemia da covid-19.

“Somos uma empresa socialmente responsável e comprometida com a melhoria das condições de vida das famílias, particularmente das mais vulneráveis. A pandemia e todas as suas consequências trouxeram mais dificuldades para as pessoas em situação de pobreza. Tal fato alerta a Petrobras para que reforce seu papel social, contribuindo ainda mais com a sociedade”, afirma o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, em comunicado ao mercado.

O modelo do programa está em fase final de estudos, incluindo a definição do critério de escolha das famílias em situação de vulnerabilidade e da busca de parceiros que possam somar esforços e ampliar o valor a ser investido, com a possibilidade da criação de um fundo que permita que outras empresas venham a aderir ao projeto.

Especialistas certificados das maiores corretoras do Brasil ensinam como ir do básico à renda extra crescente operando como trader na Bolsa de Valores. Inscreva-se Grátis.

The post Petrobras aprova programa social de R$ 300 mi para subsidiar gás de cozinha appeared first on M&N.

Fonte

Source link

Read More

Paulo Nassar participa do XXXVI Congresso Interamericano de Relações Públicas – Portal Aberje

Evento online no formato de mesa redonda contou com a participação do Diretor-Presidente da Aberje

A 36ª edição do Congresso Interamericano de Relações Públicas (CONFIARP) foi sediada no Brasil, e as duas entidades representativas de classe são realizadoras do evento: a ABRP Nacional e o Sistema Conferp. O intuito do congresso é debater a importância das relações humanizadas entre as diferentes áreas que compõem a sociedade e, por fim, apresentar um manifesto sobre a atuação das relações públicas neste contexto contemporâneo, elaborado em colaboração entre os participantes. A programação foi distribuída em três dias com uma extensa lista de profissionais de mercado de Relações Públicas e Comunicação Organizacional do Brasil, da América Latina e da Europa.

Paulo Nassar, Diretor-Presidente da Aberje e professor titular da ECA/USP participou da mesa redonda com Carlos Carvalho, da ABRACOM e Maritza Mosquera de Sumich, da CONFIARP, onde discutiram o panorama da comunicação latino-americana, com mediação de Luiz Fernando Muñoz, presidente no CONRERP/4ª Região.

Nassar apresentou as funções da Aberje e sua ligação com Relações Públicas no Brasil. “Nosso objetivo primordial é ajudar os negócios a atingir melhores resultados por meio da comunicação.”

Confira a mesa redonda completa no Youtube da CONFERP.

O post Paulo Nassar participa do XXXVI Congresso Interamericano de Relações Públicas apareceu primeiro em Portal Aberje.

Fonte

Source link

Read More

500 – Erro Interno do Servidor

Por que estou vendo esta página?

O Erro 500 geralmente significa que o servidor encontrou uma condição inesperada que o impediu de realizar uma solicitação. Normalmente o erro ocorre quando o servidor encontra algum problema, mas não consegue ser específico sobre a condição que levou a esse erro.

Em muitos casos não se trata de um problema real com o servidor, mas um problema com as informações que o servidor está sendo instruído a acessar. É possível que o erro seja causado por algum problema no seu site, o que pode exigir uma revisão adicional da nossa equipe.

O erro também pode acontecer em função de algum problema no seu site, o que vai exigir uma revisão adicional da nossa equipe. Caso acredite que a situação seja essa, entre em contato com nosso suporte via ticket (e-mail) informando a situação.

Existe alguma coisa que eu possa fazer?

Existem alguns motivos comuns para esse tipo de erro, incluindo problemas com a execução de algum script. Alguns são mais fáceis de detectar e corrigir do que outros.

Propriedade de Arquivos e Diretórios

O servidor espera que arquivos e diretórios sejam propriedade de um usuário cPanel específico. Caso você tenha realizado alterações na propriedade de algum arquivo via SSH, o ideal é que reajuste o proprietário e o grupo de forma adequada.

Permissões de diretórios e arquivos

O servidor geralmente espera que arquivos HTML, imagens e outras mídias tenham a permissão configurada como 644. Ele espera, também, que os diretórios tenham permissões definidas como 755, na maioria dos casos.

(Para detalhes, confira a seção Compreendendo permissões de sistema de arquivos)

Erros na sintaxe do arquivo .htaccess

É possível que você tenha adicionado regras no arquivo.htaccess que estejam em conflito umas com as outras, ou que não sejam permitidas.

Caso você precise verificar alguma regra específica, você pode comentar a linha específica no .htaccess adicionando # no início da linha.

Importante: lembre-se de sempre fazer um backup desse arquivo antes de fazer qualquer mudança.

Por exemplo, se o .htaccess tem esse formato:

DirectoryIndex default.html
AddType application / x-httpd-php php5

Tente algo como:

DirectoryIndex default.html
#AddType application/x-httpd-php5 php

Nota: devido ao formato de configuração dos ambientes dos nossos servidores você não pode utilizar php_value em um arquivo .htaccess.

Limites de processos simultâneos

O erro também pode ser causado pelo número alto de processos no servidor ligados à sua conta. Cada conta de um servidor compartilhado pode utilizar até 25 processos simultâneos, sejam esses processos ligados ao seu site ou a outros processos de propriedade do mesmo usuário como, por exemplo, e-mails.

Com acesso SSH (shell), você pode visualizar os processos em execução na sua conta. Para fazer isso, simplesmente digite o comando

faux ps

Ou digite no formato abaixo para visualizar a conta de um usuário específico (não esqueça de substituir “nome de usuário” pelo nome real):

ps faux | grep nome de usuário

Assim que tiver o ID do processo (“pid”), digite o comando abaixo para matar o processo específico (não esqueça de substituir “pid” pela identificação real do processo):

kill pid

Caso a causa do Erro 500 seja o limite de processos, entre em contato com nossa equipe via ticket (e-mail). Ao enviar o ticket, certifique-se de incluir os passos necessários para que nossa equipe possa visualizar o erro em seu site.

Compreendendo o sistema de permissões de arquivos

Representação Simbólica

O primeiro caractere indica o tipo de arquivo e não está relacionado às permissões. Os 9 caracteres remanescentes formam três conjuntos, cada um representando a classe da permissão em três caracteres. O primeiro conjunto representa a classe do usuário, o segundo conjunto representa a classe do grupo e o terceiro conjunto representa as outras classes.

Cada caractere representa um tipo de permissão: permissão de Leitura, Escrita e Execução:

  • r se for permitida leitura (read), se não for permitido.
  • w se for permitida escrita (write), se não for permitido.
  • x se for permitida execução (execution), se não for permitido.

Abaixo vemos alguns exemplos de notação simbólica:

  • rwxr-xr-x um arquivo regular no qual a classe de usuário possui todas as permissões; as classes grupo e outros possuem apenas permissões de leitura e execução.
  • crw-rw-r– um arquivo com caractere especial no qual as classes usuário e grupo possuem permissões de leitura e escrita, enquanto a classe outros possui apenas permissão de leitura.
  • dr-x um diretório no qual a classe de usuário possui permissões de leitura e execução, enquanto os demais grupos não possuem nenhuma permissão.

Representação Numérica

Outro método para representar permissões é o Octal (base-8), que conta com pelo menos três dígitos. Esta notação consiste em pelo menos tres digitos. Cada um dos dígitos, mais a direita, representa um componente diferente de permissões: usuário, grupo, e outros.

Cada um destes dígitos mostra o resultado da soma de seus componentes em bits.

  • O Bit de Leitura adiciona 4 ao seu total. (100 em binário),
  • O Bit de escrita adiciona 2 ao seu total. (010 em binário) e
  • O Bit de execução adiciona 1 ao seu total. (001 em binário).

Estes valores nunca produzem combinações ambíguas. Cada soma representa um conjunto específico de permissões. Mais tecnicamente, é uma representação octal do campo de bit: cada bit é referência para uma permissão separada, e agrupar os 3 bits de uma vez em octal corresponde a agrupar essas permissões por usuário, grupo e outros.

Confira, abaixo, alguns exemplos que mostram a formação das permissões:

Permissão 0755

4+2+1=7
Ler, escrever, executar
4+1=5
Ler, Executar
4+1=5
Ler, Executar

Permissão 0644

4+2=6
Ler, escrever
4
Ler
4
Ler
Como modificar seu arquivo .htaccess

O arquivo .htaccess contém diretivas (instruções) que informarão ao servidor como ele deve se comportar em determinados cenários, e afeta diretamente o funcionamento de seu website.

Redirecionamentos e reescritas de URL são duas diretivas comuns encontradas no .htaccess e muitos scripts, como o WordPress, Drupal, Joomla e Magento, por exemplo, adicionam diretivas ao arquivo .htaccess para que possam funcionar corretamente.

É possível que você precise editar o arquivo .htaccess em algum momento. Essa seção irá mostrar como editar o arquivo em seu cPanel, mas não como ele deve ser alterado. (É possível que você tenha que consultar outros artigos e recursos para encontrar essa informação.)

Existem muitas maneiras de editar o arquivo .htaccess

  • Editar o arquivo em seu computador e fazer upload para o servidor via FTP
  • Utilizar o Modo Edição em um programa FTP
  • Utilizar um editor de Texto SSH
  • Utilizar o Gerenciador de Arquivos no cPanel

Para a maioria das pessoas, a maneira mais fácil de editar um arquivo .htaccess é através do Gerenciador de Arquivos no cPanel.

Como editar o arquivo .htaccess através do Gerenciador de Arquivos no cPanel

Antes de qualquer coisa, sugerimos que faça um backup de seu site. Assim, caso alguma falha ocorra, você poderá reverter para uma versão anterior do arquivo.

Abra o Gerenciador de Arquivos

  1. Faça login no cPanel.
  2. Na seção Arquivos, clique no ícone do Gerenciador de Arquivos
  3. Na caixa que abre, selecione Raiz do Documento e informe o domínio que deseja acessar no menu drop-down.
  4. Assegure-se de que a opção Exibir arquivos ocultos (dotfiles) está marcada.
  5. Clique em Go. O Gerenciador de arquivos irá abrir em uma nova aba ou janela.
  6. Procure pelo arquivo .htaccess na lista de arquivos. Você poderá precisar usar a rolagem para encontrá-lo.

Para Editar o arquivo .htaccess

  1. Clique com o botão direito no arquivo .htaccess e clique em Code Edit no menu. Alternativamente você poderá clicar no ícone do .htaccess e então clicar em Code Editor no topo da página
  2. Uma nova caixa de diálogo irá abrir perguntando sobre codificação. Apenas clique em Edit para continuar. O Editor irá abrir em uma nova Janela.
  3. Edite o arquivo conforme sua necessidade.
  4. Clique em Salvar alterações no canto superior direito quando estiver concluído. As alterações serão salvas.
  5. Teste seu site para assegurar-se de que as alterações foram bem-sucedidas e salvas. Caso não, corrija o erro ou reverta para a versão anterior até que seu site volte a funcionar.
  6. Após a conclusão, clique em Fechar.
Como modificar as permissões de arquivos e diretórios

As permissões de um arquivo ou diretório dizem ao servidor como e de que maneira ele deve interagir com um arquivo ou diretório.

Essa seção irá mostrar como editar as permissões de arquivos através do cPanel, mas não como você deve modificá-las. (Veja nossa seção Existe algo que eu possa fazer? para mais informações).

Existem muitas formas de Editar as Permissões dos Arquivos

  • Utilize um programa FTP
  • Use o editor de texto SSH
  • Use o Gerenciador de Arquivos no cPanel

Para a maioria das pessoas, a maneira mais fácil de editar as permissões é através do Gerenciador de Arquivos no cPanel.

Como editar as permissões dos arquivos pelo Gerenciador de Arquivos do cPanel.

Antes de qualquer coisa, sugerimos que faça um backup de seu site. Assim, caso alguma falha ocorra, você poderá reverter para uma versão anterior.

Abra o Gerenciador de Arquivos

  1. Faça login no cPanel.
  2. Na seção Arquivos, clique no ícone do Gerenciador de Arquivos
  3. Na caixa que abre, marque Raiz do Documento e selecione o domínio que deseja acessar no menu drop-down.
  4. Assegure-se de que a opção Exibir arquivos ocultos (dotfiles) está marcada.
  5. Clique em Go. O Gerenciador de arquivos irá abrir em uma nova aba ou janela.
  6. Procure pelos arquivos ou diretórios na lista de arquivos, você poderá precisar utilizar a rolagem para encontrá-los.

Para editar as Permissões

  1. Clique com o botão direito no arquivo ou diretório e clique em Change Permissions no menu.
  2. Uma caixa irá aparecer permitindo que você selecione as permissões corretas ou utilize um valor numérico para configurar as permissões corretas.
  3. Edite as permissões dos arquivos conforme sua necessidade.
  4. Clique em Change Permissions para salvar as alterações.
  5. Teste seu site para ter certeza de que as modificações foram salvas com sucesso. Caso não, corrija o erro ou reverta para uma versão anterior, até que volte a funcionar.
  6. Após a conclusão, clique em Fechar.

Source link

Read More

Universo trans: transfobia é mais citada, mas visibilidade positiva cresce

Com a intenção de mapear e compreender as narrativas protagonizadas por pessoas trans nas redes sociais, as empresas de marketing Zygon e Nhaí e agência de conteúdo Casé Fala coletaram 164,93 mil publicações e 5,5 milhões de interações no Twitter em cinco meses.

O resultado está na pesquisa Universo Trans, que aponta um recorte social e mostra que 70% das pessoas trans ou travestis pretas e periféricas falam mais sobre racismo associado a temas como corpo e transição, oportunidade e identidade, do que sobre os demais assuntos que permeiam seus estilos de vida.

Além deste dado, a pauta mais debatida é a transfobia com 88,6% das menções, seguido de identidade 4,78%, luta e aceitação 4,03%, oportunidade 1,51% e corpo e transição 1,07%. “Com estes dados, foi possível ver as diferentes nuances sobre o que se fala online a respeito do universo trans. Há predominância, ainda, de relatos de transfobia, mas vemos como outras pautas estão em crescimento”, duz Lucas Reis, CEO da Zygon.

Já identidadefoi o segundo assunto mais debatido e teve um aumento de 133% no período da pesquisa. Só o termo “pronome” aparece em mais de 25% de todos os conteúdos relacionados à identidade.

“Além de existir uma imposição de padrão estético no corpo trans, tem também a sua objetificação e exigência de servir como um marcador social. O processo de aceitação e de assumir-se perante a sociedade é algo mais difícil para pessoas negras e periféricas”, afirma Raquel Virgínia, fundadora da Nhaí!

Ainda de acordo com dados da pesquisa, o tema oportunidade teve maior número de tweets realizados no dia 29 de janeiro de 2021, dia da Visibilidade Trans e Travesti. E ao longo do tempo ganhou força, apresentando uma taxa de engajamento 22% superior em média. Entre as publicações, 31% está em busca de oportunidade e 47% busca visibilidade, os demais abordam assuntos como empreendedorismo.

Visibilidade 

Há também um pico, com 33 mil tweets, em 17 de maio, Dia Internacional contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia, com exigências de igualdade, respeito, contra a discriminação e violência. Outra questão muito comentada foi a participação da esteticista Ariadna Arantes, uma mulher trans, no reality No Limite, levantando menções sobre a importância da representatividade na mídia.

A pesquisa mostrou ainda que posts sobre oportunidades engajam 22% a mais que posts sobre casos de transfobia. “Isso mostra a importância da inclusão de pessoas trans no mercado de trabalho, o quanto querem, procuram e engajam no assunto”, afirma Raquel Virgínia.

A interseccção também importante para a visibilidade positiva das pessoas trans. “Atualmente se fala sobre a importância da diversidade, mas para evoluir é necessário ter um olhar atento e mais profundo para questões de raça e gênero. A pesquisa colabora para avançar com a pauta para além do mês do Orgulho LGBTQIA+, ao incentivar a evolução e inclusão de pessoas trans estrategicamente nos negócios”, dizem Patrícia Casé e Fabiana Oliva, cofundadores da Casé Fala.

 

Fonte

Source link

Read More

Organizações farão apelo na ONU contra “desmonte ambiental” por Bolsonaro – Forbes Brasil

Bruno Kelly/Reuters

O alerta sobre a situação no Brasil será feito em Genebra, amanhã (29)

Organizações da sociedade civil farão um apelo na ONU (Organização das Nações Unidas) sobre o que consideram uma política de desmonte ambiental em curso no Brasil pelo governo do presidente Jair Bolsonaro, citando uma série de projetos que, em sua visão, tem por objetivo enfraquecer ainda mais os mecanismos de proteção ao meio ambiente e aos povos indígenas.

O grupo citou projetos em tramitação no Congresso como o que dificulta a demarcação das terras indígenas e outro que flexibiliza o licenciamento ambiental. Os ativistas irão rebater discurso que Bolsonaro fez recentemente na abertura da Assembleia-Geral da ONU, em que citou uma alegada defesa do meio ambiente pelo governo, citando o que consideram ataques e uma grave violação de direitos humanos e socioambientais.

LEIA MAIS: Empresários pedem protagonismo ambiental do Brasil às vésperas da COP26

“Novamente os povos indígenas do Brasil chamam a atenção para a grave situação dos direitos humanos e socioambientais que enfrentamos. Conforme apontado pela alta comissária Michelle Bachelet, os povos indígenas estão sob ataque físico e institucional no Brasil”, destacaram as organizações em nota.

O alerta sobre a situação no Brasil será feito durante o diálogo interativo com o relator especial sobre os direitos dos povos indígenas, no Conselho de Direitos Humanos da ONU, em Genebra, amanhã (29), acrescentaram os grupos.

Procurada, a Secretaria de Comunicação da Presidência não se manifestou de imediato a um pedido de comentário. (Com Reuters)


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.
 

O post Organizações farão apelo na ONU contra “desmonte ambiental” por Bolsonaro apareceu primeiro em Forbes Brasil.

https://platform.twitter.com/widgets.jshttps://platform.instagram.com/en_US/embeds.js

Fonte

Source link

Read More

Westwing assina acordo de compra de agência de viagens online Zarpo

A Westwing assinou nesta terça-feira, 28, um memorando de entendimentos para a compra de 100% do capital social da Zarpo, agência de viagens online. A empresa trabalha com em parceria com hotéis, resorts, pousadas e companhias aéreas. O valor da operação não foi divulgado.

  • Saiba tudo sobre a edição deste ano do Melhores e Maiores, o evento de maior prestígio para as empresas brasileiras

Segundo a Westwing, a Zarpo trabalha através de um modelo baseado em três pilares principais: curadoria, preços atrativos e excelência em nível de serviço.

“A aquisição da Zarpo (mediante a efetivação da operação) é mais um passo importante na nossa estratégia de expansão em categorias de lifestyle com grande aderência à nossa missão: Inspirar cada pessoa a descobrir mais beleza no seu viver”, afirma a companhia em fato relevante.

Source link

Read More

Pesquisa: as diferenças da transformação digital nos EUA e China – Forbes Brasil

zhangshuang/Getty Images

Os EUA superam a China em educação, que tem uma participação de 6% no PIB norte-americano, ante 3,5% no país asiático

O IMD World Competitiveness Center, que estuda a competição entre países e empresas, acaba de divulgar uma pesquisa sobre a diferença na transformação digital nas duas principais potências mundiais. Os Estados Unidos aparecem no topo do ranking de competitividade digital do IMD pelo quarto ano consecutivo. Segundo o estudo, o sucesso do país é baseado “na prevalência doméstica da tecnologia e confiança das empresas no capital de risco acessível”. Por outro lado, a China, que subiu 15 posições nos últimos quatro anos, se beneficia de grandes níveis de desenvolvimento científico e educacional, P&D (Pesquisa e Desenvolvimento) e uma participação global líder nas exportações de alta tecnologia.

A pesquisa mostra que os Estados Unidos superam a China em educação, que tem uma participação de 6% no PIB (Produto Interno Bruto) norte-americano, ante 3,5% no país asiático, embora a China esteja no topo do ranking global de alfabetização matemática entre os jovens (os EUA ocupam o 36º lugar). Além disso, os Estados Unidos têm um terço a mais de usuários de internet (per capita) do que a China e têm os níveis mais altos de propriedade de tablets do mundo. Já o gigante asiático lidera o mundo em sua proporção de funcionários técnicos e científicos, que representam 11% do emprego total do país, quase o dobro dos EUA (6%). A China é o país com mais robôs em educação e P&D e tem quase um terço (30%) de todos os robôs do mundo, quase o dobro de seu rival mais próximo, o Japão (14%). Suas exportações de alta tecnologia representam 31% de todas as exportações de manufaturados, contra 19% dos EUA.

Siga todas as novidades do Forbes Tech no Telegram

A pesquisa classifica Hong Kong em segundo lugar na hierarquia global de competitividade digital. “A economia lidera o mundo em graduados em ciências e exporta mais produtos de alta tecnologia do que qualquer país em proporção de todas as suas exportações de manufaturados”, diz o relatório. Em seguida está a Suécia, graças a uma forte economia do conhecimento e desenvolvimento de talentos do país. Já a América do Sul mostra-se atrasada ao restante do mundo. Segundo o IDM, a Colômbia é prejudicada por níveis relativamente baixos de assinantes de banda larga móvel e o Peru, por uma baixa taxa de penetração de banda larga sem fio (per capita). Já a Argentina sofre de percepções fracas de que os serviços bancários e financeiros apoiam adequadamente os negócios e que o capital de risco esteja facilmente disponível.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

O post Pesquisa: as diferenças da transformação digital nos EUA e China apareceu primeiro em Forbes Brasil.

https://platform.twitter.com/widgets.jshttps://platform.instagram.com/en_US/embeds.js

Fonte

Source link

Read More

Após afastar CEO, Blizzard reserva US$ 18 milhões para vítima de assédio

Para contornar o processo iniciado por denúncias de assédio sexual, incluindo avanços físicos e verbais contra funcionárias, além de discriminação salarial e de oportunidades baseada em gênero, a Activision Blizzard revelou que pretende reservar 18 milhões de dólares para compensar as pessoas atingidas.

Source link

Read More

Brasil é segundo país que mais usa TikTok no mundo

O Brasil é o segundo país que mais usa o TikTok no mundo, atrás apenas da China, país de origem da empresa que controla o aplicativo, a Bytedance. É o que mostra um novo levantamento realizado pela consultoria alemã Statista.

No ranking, a China aparece na liderança do uso do TikTok nos últimos 12 meses, com 72% dos entrevistados reportando ter utilizado o app entre julho de 2020 e junho deste ano. No Brasil, o percentual é de 40%, seguido pelo México, com 37%, pela Rússia, com 31%, e pela Alemanha, com 26%.

Os Estados Unidos aparecem em sexto lugar, com 24%. O ranking é completado por Reino Unido (24%) e Canadá (22%). Na China, o TikTok tem uma versão adaptada ao mercado local que leva o nome de Douyin.

A pesquisa da Statista foi feita com entre 1.600 e 4.500 adultos, por país, de 56 países diferentes.

O sucesso do TikTok é tão grande na China que o governo local restringiu o tempo de uso do aplicativo recentemente. Crianças com idades abaixo de 40 anos podem utilizar o aplicativo por apenas 40 minutos por dia e dentro da faixa horária que vai das 6h às 22h.

No Brasil, influenciadores fazem sucesso na rede social e acumulam milhões de seguidores, como Vanessa Lopes, Virginia Fonseca, Vitor Fernando e Raphael Vicente.

O sucesso do TikTok atrai a concorrência. O Kwai tem feito esforços para crescer no Brasil, com bonificação de usuários que indicam amigos, e o Instagram tem impulsionado o alcance dos vídeos no formato chamado Reels, que é análogo ao do TikTok.

Acompanhe a EXAME no TikTok. Veja o vídeo abaixo.

@exame

#LuizaTrajano é uma das 100 pessoas mais influentes do mundo. Saiba tudo sobre o assunto! #tiktoknotícias #exame #magalu

♬ som original – EXAME

https://www.tiktok.com/embed.js

Fonte

Source link

Read More