Previdência Social: INSS nega diversos pedidos de benefício para trabalhadores

São Paulo – SP 30/9/2021 – As inúmeras mudanças realizadas na área fizeram com que seja de grande relevância a realização de um planejamento sobre como se aposenta

Série de mudanças nas regras de aposentadoria nas últimas décadas e dificuldades burocráticas por parte de contribuintes podem explicar alto índice; para especialista, planejamento previdenciário pode ajudar trabalhadores nesta questão

Ao longo da curta história da Nova República brasileira, iniciada em 1985, com a redemocratização do país, e consolidada no âmbito legislativo e jurídico com a promulgação da Constituição de 1988, o sistema de Previdência Social passou por nada menos do que sete reformas, sendo a última delas aprovada há dois anos e resultando em drásticas alterações nas regras previdenciárias da sociedade brasileira.

Promulgada em 12 de novembro de 2019, após a aprovação da Emenda Constitucional 103, a última e mais profunda reforma previdenciária ocorrida no Brasil estabeleceu, entre vários itens, mudanças na idade mínima para a aposentadoria, no tempo de contribuição, no valor do benefício e nas regras de transição para servidores públicos.

Esta série de mudanças, somada aos diversos procedimentos burocráticos que o trabalhador precisa organizar ao longo do período de colaboração à Previdência Social, muitas vezes implicam em dificuldades ou até mesmo o indeferimento da aposentadoria junto ao INSS por parte de milhares de trabalhadores, todos os meses.

Apenas no mês de julho de 2021, quando foi divulgado o último boletim da autarquia federal, quase metade (47%) dos pedidos de benefícios como aposentadorias, pensões e auxílios foram indeferidos – em números gerais, foram 404.794 pedidos de benefícios concedidos, ante 363.762 indeferidos.

Em um período mais amplo, que permite uma análise mais precisa da situação, porém, o número de indeferimentos é maior do que o de concessões: foram 2.880.861 pedidos negados (50,8%), contra 2.780.301 solicitações aceitas (49,2%).

Planejamento previdenciário pode ser útil ao trabalhador

Para especialistas da área do Direito, uma recomendação para evitar este problema que pode atrasar ou inviabilizar a aposentadoria é o chamado planejamento previdenciário, serviço que prevê a organização e preparação de toda a pré-aposentadoria do cliente. Basicamente, trata-se da preparação de todos os documentos e da organização das etapas que precisam ser feitas para que o trabalhador possa dar entrada na aposentadoria de maneira rápida e sem complicações.

Para Rafael Gabarra, advogado especialista em previdência social, o planejamento previdenciário tem ganhado cada vez mais importância no país, especialmente após a última reforma previdenciária, de 2019. 

“As inúmeras mudanças realizadas na área desde a Constituição de 1988 fizeram com que, atualmente, seja de grande relevância a realização de um planejamento profundo sobre como se obter a melhor aposentadoria dentre aquelas que forem possíveis”, afirma Gabarra. 

O trabalhador brasileiro, de acordo com as regras estabelecidas pela Previdência Social, pode se aposentar por tempo de contribuição, por idade ou por invalidez. Segundo o último boletim do INSS, de julho de 2021, foram aposentados, naquele mês, 59.567 trabalhadores por idade; 23.493, por tempo de contribuição; e 8.659, por invalidez.

Segundo o advogado, o processo de planejamento previdenciário deve começar com o levantamento de todos os documentos, contribuições e acertos cadastrais que a legislação previdenciária exige para que, então, o cliente possa diagnosticar a melhor aposentadoria que se encaixe em seu perfil. “Assim, saberemos como este contribuinte poderá se preparar para fazer tudo o que for necessário para a garantia do melhor cenário no futuro”, explica.

Gabarra alerta, ainda, que, pelo fato de a aposentadoria ser responsável pela manutenção do trabalhador em sua velhice, “qualquer diferença em seu rendimento mensal poderá causar um grande impacto em sua qualidade de vida”.

Para saber mais, basta acessar: https://www.gabarra.adv.br/

Website: https://www.gabarra.adv.br/

Source link

Read More

Mercado de Asset Management mira clientes do interior

Campinas, SP 30/9/2021 – São pessoas que tocam os próprios negócios e precisam focar nisso

Empresas de gestão de ativos ofertam o serviço a empresários sem acesso às gigantes do setor

O mercado brasileiro de Asset Magement vive um momento de expansão, apesar da pandemia. Nos três primeiros meses de 2021, a Anbima (Associação Brasileiras das Entidades do Mercado Financeiro) registrou a adesão de 27 novas gestoras. Ao longo de todo o ano de 2020, esse número foi de 59 novas instituições.

Essas empresas realizam a gestão de ativos para seus clientes. Em outras palavras, administram bens móveis e imóveis, além de aplicações. Levantam oportunidades de investimentos, criam e gerem fundos e aconselham os gerenciados para ampliar seus rendimentos.

Segundo pesquisa realizada pela organização global de consultoria e auditoria KPMG, esse crescimento está baseado em novos hábitos dos investidores, que passaram a priorizar os seguintes pontos: saúde física e mental; tempo a ser despendido com família e amigos; como ganhar, poupar e gastar o dinheiro.

Dessa forma, a expansão registrada pela Anbima está baseada, principalmente, em pequenas empresas. Elas miram em clientes que moram e empreendem fora dos grandes centros. Proprietários de construtoras, transportadoras, médias indústrias e agroempreendedores estão entre os principais públicos dessas casas.

Por não reunirem um patrimônio na casa das dezenas de milhões, esses empresários não conseguem o mesmo serviço em casas que lideram o setor. “São pessoas que tocam os próprios negócios e precisam focar nisso. Nesse sentido, colocar a gestão de seus ativos sob a responsabilidade de uma equipe especializada é uma vantagem estratégica”, explica o diretor da Easset Gestão de Ativos, Hernan Cruz.

Como estratégia para atrair novos investidores, as Assets investem na geração de valor. “Vamos realizar uma série de eventos de network e rodadas que geram oportunidades de negócio. Planejamos inclusive um Club Private para a troca de experiências entre os clientes”, completa Rodrigo Cardoso, sócio e especialista em marketing da Easset.

Website: http://www.eagence.com.br

Source link

Read More

Emissão de carbono está entre as prioridades dos conselhos

O tema da mudança climática está nas prioridades dos conselhos e até por conta disso cada vez mais empresas estão assinando compromissos de reduzir suas emissões de carbono.

O Grupo Boticário, do setor de beleza, por exemplo, anunciou em junho o início de um plano para aderir à mobilidade elétrica em suas operações logísticas. Isso significa que, a partir deste mês, 14 veículos elétricos passam a fazer parte da frota em São Paulo e região metropolitana, o que corresponde a 50% do volume de entregas da região.

Em uma primeira fase, os veículos irão rodar na cidade de São Paulo, e o novo modal será expandido para outras capitais ainda em 2021, como Curitiba e Belo Horizonte. O objetivo é que 100% das entregas sejam feitas por veículos elétricos até 2025 nas capitais.

Em abril, a companhia assumiu 16 compromissos socioambientais, que incluem “neutralizar o impacto ambiental de emissões de gases de efeito estufa (GEE), água e energia de 100% da operação direta” e “reduzir em 50% o impacto ambiental de emissões de GEE, água e energia de fornecedores críticos”.

“Os próximos dez anos serão desafiadores”, admite Artur Grynbaum, vice-presidente do conselho de administração do Grupo Boticário. “Nosso compromisso é reflexo do que já temos feito há 44 anos e do que acreditamos que seja o nosso papel como empresa. Temos uma longa atuação a favor da sustentabilidade e da conservação ambiental. ESG não é uma agenda nova para nós, mas os novos tempos apresentam cenários complexos que exigem um comprometimento ainda maior e, por isso, estamos avançando na agenda social, deixando um legado que vai muito além da nossa cadeia”, afirma.

Net Zero

A brasileira JBS, segunda maior empresa de alimentos do mundo e líder no setor de proteína, também tem um plano ambicioso de reduzir sua pegada de carbono. Com o programa batizado Net Zero a companhia se compromete a zerar o balanço de suas emissões de gases causadores de efeito estufa, reduzindo a intensidade de emissões diretas e indiretas e compensando toda a emissão residual até 2040. A meta net zero da JBS inclui as operações globais da empresa.

Como parte dessa missão, a empresa assinou a iniciativa “Ambição Empresarial pelo 1,5 °C”, do Pacto Global das Nações Unidas, se comprometendo a definir metas com base científica para alcançar o net zero em sua cadeia de valor.

Esse esforço se alinha com o objetivo do Acordo de Paris de limitar o aumento da temperatura global a 2 °C, com esforços para contê-lo em 1,5 °C, quando comparado aos níveis pré-industriais.

“As mudanças climáticas são o grande desafio do nosso tempo e devemos agir com urgência para combater seus efeitos negativos”, disse Gilberto Tomazoni, CEO global da JBS.

Fonte

Source link

Read More

Além do Flamengo, Cristo Redentor iluminado visa o Dia Mundial do Coração

Na noite desta quarta-feira (29), o Cristo Redentor foi iluminado de vermelho, despertando em muitos torcedores do Flamengo a alegria e confirmação de que o Cristo seria, de fato, rubro-negro. Após a vitória do clube por 2×0 contra o Barcelona (EQU), confirmando sua classificação para a final da Libertadores da América, não faltaram torcedores e veículos, a maioria declaradamente flamenguistas, associando a iluminação do Cristo à vitória do time.

No entanto, o Esporte executivo apurou que a iluminação, na verdade, aconteceu devido ao Dia Mundial do Coração, celebrado, coincidentemente, também nesta quarta-feira (29), em ação da biofarmacêutica AstraZeneca. Ainda que o Flamengo alcance o coração de muitos torcedores, dessa vez o Cristo se vestiu de vermelho por motivo diverso. A ação que iluminou o monumento não apenas de vermelho, mas também de amarelo, rosa, verde e azul, fez parte da campanha “No Ritmo Do Seu Coração”, que também trouxe projeções de um coração humano no peito do Cristo.

<span class=”hidden”>-</span>Ogilvy Brasil/Divulgação

O ponto alto da iniciativa foi a abertura, onde o Cristo recebeu via computação gráfica um headphone e baquetas, tendo como inspiração o cenário musical que orienta a campanha da biofarmacêutica. O projeto idealizado pela agência Ogilvy Brasil faz parte do Setembro Vermelho, mês que chama atenção para os cuidados e prevenção das doenças cardiovasculares.

Apesar do equívoco da torcida dessa vez, de fato, o Cristo Redentor já recebeu uma iluminação personalizada em homenagem ao Flamengo. Em 2019, quando o clube foi campeão da Libertadores da América, a Adidas promoveu a campanha “Flamengaço”, que vestiu pela primeira vez na história do Cristo, o monumento com a camisa do clube rubro-negro. A época, o Flamengo virou o jogo contra o River Plate e trouxe o título para o Brasil, reforçando a ideia de que o Cristo era de fato rubro-negro. Coincidentemente, essa ação publicitária com a Adidas também foi idealizada pela Ogilvy Brasil.

<span class=”hidden”>-</span>Ogilvy Brasil/Divulgação

Fonte

Source link

Read More

4 lições de marketing digital para aprender com a Anitta

Gostando ou não de funk, você certamente sabe quem é a Anitta.  Indicada cinco vezes ao Grammy Latino, a cantora ficou conhecida em 2013 com o hit “Show das Poderosas” e, de lá pra cá, conquistou um exército de fãs. Recentemente, ela também fez história ao se tornar a primeira brasileira a se apresentar no MTV Video Music Awards.

Mas a verdade é que o talento musical não foi o único responsável pelo sucesso da artista. Administrando sua carreira totalmente sozinha por cerca de cinco anos, Anitta também é referência quando o assunto é empreendedorismo, branding pessoal e, principalmente, marketing digital.

Quer se tornar uma referência em marketing e publicidade da nova era? Clique aqui e saiba como!

Pensando nisso, nós separamos quatro ensinamentos de marketing digital que a cantora utilizou ao longo de sua carreira e que você pode (e deve) aplicar no seu negócio ou marca pessoal. Veja abaixo.

Quem não é visto, não é lembrado

Anitta entendeu a importância de marcar presença no maior número de lugares possível desde o início de sua carreira. Seja apresentando um novo projeto, aparecendo em programas televisivos renomados, comentando os assuntos do momento na internet ou interagindo com seu público-alvo nas redes sociais, o fato é que a cantora sempre fez o possível para levantar o awareness da “marca Anitta” dentro e fora dos palcos.

Em 2019, por exemplo, ela produziu 27 clipes – uma média de 2,25 clipes por mês!

O resultado? A cantora ficou entre os 10 artistas mais ouvidos no Spotify em 2019 e foi a brasileira mais seguida no Instagram em 2020.

Fidelização do público-alvo

Mais do que atingir milhares de pessoas, entender quem são essas pessoas e o que elas esperam da sua marca também é uma parte essencial de qualquer negócio. Afinal, se uma empresa não conhece (e trata muito bem) os seus clientes, como irá desenvolver e oferecer produtos que realmente atendam às suas necessidades?

Essa é mais uma lição de marketing que Anitta dá com maestria: ela sabe muito bem quem é o seu público, onde ele está e o que fazer para atingí-lo.

A união faz a força

Fazer parcerias com outros artistas já consolidados no mercado da música é mais uma das estratégias presentes no plano de marketing da cantora. Snoopy Dog, Cardi B, Maluma, Pablo Vittar, Pedro Sampaio e Major Lazer são apenas alguns dos artistas com quem ela lançou novos hits nos últimos anos.

Assim, ao emplacar dezenas de singles com grandes nomes da música nacional e internacional, Anitta conseguiu não apenas aumentar a sua visibilidade, como conquistar diferentes públicos ao longo do tempo.

No marketing, essa estratégia é conhecida como co-branding e é utilizada quando duas marcas ou empresas unem esforços para aumentar sua visibilidade e audiência.

A importância do storytelling

Um dos elementos mais importantes do marketing de conteúdo, o storytelling é cada vez mais utilizado pelas marcas para atrair e nutrir potenciais clientes. O objetivo é criar uma conexão emocional com o público a partir de narrativas envolventes relacionadas à história empresa ou do produto que se está comercializando.

E se tem uma coisa que a Anitta sempre fez muito bem é contar a sua história. Seja por meio de entrevistas exclusivas, posts nas redes sociais ou até mesmo por meio de um documentário biográfico lançado na Netflix , o fato é que não faltam ferramentas para o público acompanhar de perto a sua trajetória.

Como se especializar em marketing digital?

Sabendo da crescente importância do marketing digital para o sucesso dos negócios (e da alta demanda por profissionais capacitados na área), a EXAME Academy e a Trevisan Escola de Negócios desenvolveram uma formação completa sobre o assunto. É o MBA Executivo em Growth Marketing e Vendas Digitais.

Voltado para profissionais que exercem ou que desejam exercer uma posição de liderança no departamento de marketing, o curso a nível de pós-graduação tem duração de 18 meses e aborda temáticas importantes para quem deseja potencializar uma marca no meio digital.

O futuro está no digital. Chegou a hora de se atualizar. Entenda como

Growth Marketing, customer e user experience; inbound marketing; employer branding; análise de dados, confeitos de transformação digital e desenvolvimento de estratégias de vendas, aquisição e retenção de clientes são apenas alguns dos assuntos abordados ao longo do curso. Clique aqui para saber mais.

Fonte

Source link

Read More

Kraft Heinz se torna sócia majoritária da BR Spices; CEOs explicam planos

Há seis anos, quando lançou a marca de temperos BR Spices, o publicitário e chef paulistano Gabriel Daniel, de 33 anos, não imaginava que o negócio inspirado na loja de temperos da família na Rua Santa Rosa, próxima ao Mercado Municipal de São Paulo, seria de interesse da Kraft Heinz, multinacional americana de 25 bilhões de dólares.

  • O que os empreendedores de sucesso têm em comum? Inovação é a chave de 2021

Mas, a partir desta quinta-feira, 30, após cerca de um ano de negociações, a Kraft Heinz se torna sócia majoritária da BR Spices por valor não revelado — novidade que ocorre exatamente uma semana após a aquisição da fabricante catarinense de molhos e condimentos Hemmer e reforça a estratégia de crescimento no Brasil, em busca de ser uma das maiores companhias de alimentos do país.

“A Br Spices é uma marca premium, com presença em todos os estados brasileiros e enorme potencial crescimento, especialmente para além da região Sudeste, e que complementa bem o nosso portfólio”, diz Fernando Rosa, presidente da Kraft Heinz em entrevista exclusiva à EXAME.

De uma cozinha para todo o Brasil

O presidente da BR Spices, Gabriel Daniel, tem formação em publicidade, mas nunca saiu de perto da cozinha. Ele, que trabalhou como chef em restaurantes no Brasil, Espanha, Estados Unidos e Peru, chegou a empreender ao lado do também chef Raphael Despirite no Fechado para Jantar, projeto que organiza jantares em lugares diferentes dos restaurantes tradicionais.

“Ao empreender longe da família percebi como é possível unir a gastronomia, a publicidade, e o desenvolvimento de experiências. Assim surgiu a Br Spices, uma marca que visa levar um pouco da zona cerealista para casa das pessoas, de forma criativa, atraente e fácil”, diz Daniel.

O executivo é responsável direto pela criação dos produtos e escolha das misturas, analisando as possibilidades com, por exemplo, o time de qualidade. Com isto, a Br Spices conta com desde um moedor de pimenta preta, até um sal rosa do Himalaia ou um sal para churrasco com sal marinho iodado, cebola, alecrim, salsa, páprica defumada, tomilho, manjericão e mostarda.

Source link

Read More

Cerveja Black Princess abre bar temporário com shows em São Paulo

A marca de cervejas Black Princess, do Grupo Petrópolis, anuncia a abertura da Black Princess House, primeiro bar proprietário da marca em São Paulo. Localizado no Largo da Batata, no bairro de Pinheiros (SP), o espaço será aberto ao público nesta quinta-feira, 30, e tem funcionamento até o fim de novembro.

No bar serão comercializados todos os rótulos fixos da marca, além dos produtos sazonais, em versões que variam entre chopp, lata, long neck e garrafas de 600ml. Ainda estarão disponíveis acessórios, como ecobags, moleskine e itens de vestuário.

A casa da Black Princess também abre espaço para performance de artistas ao vivo. “Um dos pilares da marca é a experimentação sonora. Para a maioria dos artistas será o primeiro show depois de mais de 1 ano e meio sem pisar nos palcos. Muitos deles irão se apresentar ao vivo para o público pela primeira vez, com álbuns gravados e lançados durante a pandemia”, diz Eliana Cassandre, gerente de marketing do Grupo Petrópolis e da marca Black Princess.

Para atender a demanda reprimida – tanto de artistas, que estão em busca de palco, quanto para o público – a Black Princess House contará com uma curadoria especial da Bananas Music, trazendo uma programação semanal que inclui nomes novos e consagrados do mundo da música. Para receber todos os públicos, os estilos serão dos mais variados possíveis, indo do indie ao eletrônico.

Source link

Read More

E-commerce brasileiro fatura R$ 53,4 bilhões no primeiro semestre de 2021

São Paulo – SP 29/9/2021 –

Comércio eletrônico bateu recorde de vendas no país com crescimento de 31% em relação ao mesmo período do ano passado; CEO explica por que empreendedores que não souberam reagir às mudanças impostas pela crise sanitária foram atingidos

Em um ano ainda marcado pelos efeitos da pandemia de Covid-19, o e-commerce bateu recorde de vendas no país. Segundo indicativos da 44ª edição do Webshoppers, estudo elaborado pela empresa especializada em análise do comércio eletrônico Ebit Nielsen e realizado em parceria com o Bexs Banco, o faturamento do comércio eletrônico no primeiro semestre de 2021 foi de R$ 53,4 bilhões, um crescimento de 31% em relação ao mesmo período do ano passado.

Esta tendência já vinha sendo estabelecida desde o início da atual crise sanitária, quando ao menos 70 mil empresas entraram para o e-commerce, segundo levantamento da Visa Consulting & Analytics. De acordo com o estudo, o fenômeno foi percebido entre os meses de abril e junho de 2020, quando foram estabelecidas medidas de quarentena e isolamento social em todo o país.

Outro indicativo desta cada vez maior transformação digital por parte de empresas brasileiras pode ser constatado por um recente balanço divulgado pela Serasa Experian, empresa de análise de crédito, que apontou que, em média, 47,1% das micro, pequenas e médias empresas pretendem ampliar seus investimentos em plataformas digitais para aumentar as vendas mesmo após a pandemia.

A pesquisa ainda demonstrou que, no que depender dos empreendedores digitais, o gasto em tecnologia para vendas remotas com qualidade deve não apenas se manter, mas aumentar: para 85,8% dos empreendedores que já atuavam por meio do digital, é muito importante continuar investindo no e-commerce.

Por que uma empresa deve investir no e-commerce?

Nem todos os setores responderam bem diante da crise sanitária. Em média, 45% das 2,8 milhões de empresas brasileiras em funcionamento (na primeira quinzena de julho de 2020) declararam que foram impactadas pela pandemia, conforme informações do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Na opinião de Claudio de Luna, CEO da Luna Assist, grupo de empresas do ramo funerário estabelecido no formato digital, os dados indicam que os empreendedores mais atingidos foram aqueles que não souberam reagir às mudanças impostas pela crise sanitária. Para estes, segundo ele, é preciso considerar a migração para o ambiente digital.

Conforme pesquisa da Webshoppers – relatório sobre o comércio eletrônico brasileiro -, ao menos 17% dos consumidores fizeram sua primeira compra on-line neste ano de 2021. “O comércio eletrônico está constituindo uma parte cada vez maior do panorama do varejo brasileiro. Para os consumidores, comprar de forma on-line oferece comodidade, segurança e economia de tempo e dinheiro. Por isso mesmo, continuará sendo a opção da maioria das pessoas, mesmo após a pandemia”, reflete Luna.

Como migrar para o comércio eletrônico?

Segundo o executivo, há pontos importantes que podem ser observados pelos empreendedores que buscam migrar para o digital. 

“Em primeiro lugar, você precisa escolher a plataforma certa para o seu negócio. Existem muitos softwares e aplicativos de e-commerce à disposição, inclusive gratuitos. Quando for pesquisar pela plataforma, leve em conta as oportunidades de integração disponíveis”, afirma.

Para Luna, o empreendedor digital também deve prestar atenção à questão da logística. Detalhes como o controle de estoque e entrega devem ser analisados, com a definição de prazos realistas e a adoção de uma política de frete inteligente. Além disso, segundo o CEO, fazer o monitoramento dos produtos enviados e adotar uma logística reversa são pontos fundamentais.

“Como não poderia deixar de citar, o atendimento ao cliente é uma das coisas mais importantes para o seu negócio digital dar certo. Fique atento e responda rapidamente. Se preciso, contrate um freelancer ou uma equipe inteira para que a experiência do cliente com a sua empresa seja a melhor possível”, conclui.

Para mais informações, basta acessar: https://lunaassist.com.br/

Website: https://lunaassist.com.br/

Source link

Read More

Startup de bem-estar realizará palestras gratuitas sobre câncer de mama

São Paulo, SP 29/9/2021 – Essas palestras fazem parte de uma iniciativa anual da empresa para aumentar a divulgação sobre os avanços no diagnóstico e tratamento do câncer de mama.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer, a doença vitimará só em 2021 mais de 680.000 mulheres no mundo e é o tipo de câncer que mais causa mortes entre a população do sexo feminino.

A POSHER, startup que realiza serviços de bem-estar para os colaboradores das empresas, promoverá, entre os dias 14 e 28 de outubro, uma série de lives gratuitas com profissionais da saúde, terapeutas, psicólogos e profissionais de beleza sobre o câncer de mama, doença que, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), é tipo que causa mais mortes entre as mulheres no mundo (estima-se que em 2021 mais de 680.000 mulheres virão a falecer devido ao câncer de mama).

As palestras serão gratuitas e abordarão temas como a identificação e prevenção do câncer de mama, a importância do acompanhamento psicológico dos portadores da doença e a importância da manutenção da auto-estima no tratamento, com dicas de beleza. Para assistir, basta se cadastrar no site https://agende.posherapp.com.

Segundo Julio Hirose, um dos fundadores da startup, “essas palestras fazem parte de uma iniciativa anual da empresa para aumentar a divulgação de notícias sobre os avanços no diagnóstico e tratamento do câncer de mama”.

Cronograma das lives:

14/10, 9h: A importância do acompanhamento psicológico dos portadores de câncer de mama, com Daniel Guimarães, psicólogo.

18/10, 15h30: Shiatsu, um momento de relaxamento terapêutico na luta contra a doença, com Thais Tutuy, terapeuta.

19/10, 15h: Câncer de mama – a importância da prevenção, com Renan de Jesus, enfermeiro.

22/10, 12h: Câncer de mama – conceitos e misconceitos, com Marcella Bampi, terapeuta e Renan de Jesus, enfermeiro.

26/10, 18h: Curso de maquiagem para a melhora da autoestima na luta contra a doença, com Maristela Mendonça, maquiadora.

28/10, 19h: A importância do acolhimento ao paciente de câncer, com Marcella Bampi, terapeuta.

Website: https://agende.posherapp.com

Source link

Read More

Google: Busca, Shopping e Maps ganham recursos de inteligência artificial

Em um anúncio do Google feito nesta quarta-feira, 29, durante o evento Search On, empresa detalhou as atualizações da inteligência artificial que trarão novidades para a Busca, o Shopping e o Maps.

Com a implementação feita para facilitar o acesso dos internautas aos resultados mais precisos, as ferramentas agora integram um conceito mostrado com o nome de Modelo Unificado Multitarefas – ou apenas “MUM”, na sigla em inglês.

  • A pandemia mostrou que a inovação será cada dia mais decisiva para seu negócio. Encurte caminhos, e vá direto ao ponto com o curso Inovação na Prática 

A tecnologia inclui tocar no ícone do Lens quando estiver olhando para uma foto de uma camisa e pedir ao Google para encontrar o mesmo padrão, mas em outra peça de roupa. Também será possível usar uma foto para encontrar vídeos relacionados ao tema da imagem.

Além disso, para pesquisas, a empresa criará a seção “Coisas para saber”, ao lado das outras abas, para facilitar a exploração e compreensão de tópicos novos. Em qualquer resultado, ao tocar nos três pontos no topo do card de pesquisa, aparecerão informações para aprender mais sobre aquele site.

Entre os detalhes adicionados, estão descrição de origem na Wikipédia e o que o site diz sobre si mesmo; dará para encontrar o que outros na web disseram a respeito da página; além da seção “Sobre o tema”, com cobertura de notícias sobre o mesmo tópico de outras fontes.

Outras novidades

Shopping: com o recurso Lens será possível reconhecer objetos na tela pelo aplicativo móvel do Google e, com um clique, conferir ofertas dele. Essa detecção ocorre em 200 milissegundos e não precisa sair do app para encontrar os preços dos produtos.

Outro anúncio se trata da inclusão de janelas de loja direto na Busca. Isso facilitaria a pesquisa por roupas, sapatos e acessórios para celular apenas pelos resultados da pesquisa. Ao procurar por um tipo de vestimenta, a Busca exibirá um feed visual em várias cores e estilos, junto com outras informações, como lojas locais, guias e vídeos.

Google Maps: terá novas notificações de emergência, por exemplo, em casos de incêndios florestais. Ao ser avisado, o usuário poderá pedir por uma rotas para contornar a região.

O Google ainda criou um novo aplicativo gratuito, o Address Maker (ou “Criador de Endereço”) para criar endereços exclusivos e funcionais para pessoas e lugares que não possuem um. Gâmbia, Quênia, Índia, África do Sul e EUA já contam com a ferramenta, que chegará a mais locais no futuro.

Source link

Read More